March 9, 2014

Em uma pequena cidade da Austria, Furstenfeld

Em dos meus posts anteriores comentei o tamanho da cidade que moramos, Furstenfeld com 5600 habitantes. Apesar de estarmos a apenas 1 hora da 2a maior cidade da Austria, Graz, esta e a menor cidade que ja morei ate hoje. Quando estavamos com tudo pronto para nos mudarmos pra ca, motivo trabalho do marido, eu pensei como ia ser chato morar em uma cidade tao pequena, porque imaginei uma cidade com este tamanho no Brasil, onde nada acontece. A cidade realmente e bem pequena, mas alem de linda e super bem cuidada ha bastante coisa acontecendo por aqui.







No quisito estabelecimentos comerciais, acha-se de quase tudo por aqui: ha um pequeno shopping (strip mall), temos lojas como H&M, C&A, New Yorker e varias outras, muita opcao para uma cidade tao pequena. Restaurantes, cafes e padarias nao faltam. Boates tambem, temos boates pessoal por aqui e das boas, lounges modernos e bem estruturados, McDonald's tambem. Ha museu, varias pracas, todas muito bem cuidadas, afinal este e o traco mais marcante da Austria, tudo e muito bem cuidado, inclusive propriedades residenciais, todas as casinhas sao muito bem cuidades, a pintura e nova, telhados bem cuidados, jardins bonitos. 



Muitos parquinhos publicos.


Temos na nossa cidade um parque que abre no verao com a maior piscina publica da Europa, a piscina comporta 8mil banhistas (e gigantesca), com trampolins, escorregadores, area para bebes, etc. Me disseram que no verao este parque da piscina e o point nao so da  cidade, mas da regiao e vem a calhar porque no ultimo verao na Austria a temperatura chegou a  42C.  Ha varias academias na cidade, escolas, hospital, clinicas medicas e odontologica. Nao ha universidade aqui, a mais proxima esta ha 50 minutos. Os parquinhos publicos sao lindos e estao em todo lado da cidade. A cidade possui times profissionais de varios esportes e juvenis tambem.


Centro de compras ate de tamanho consideravel, tendo em vista que a nossa cidade
e tao pequena. 



Na verdade, acho que aqui so falta um cinema, para isso temos que ir em cidade maior. A cidade e conectada com as demais da regiao por um sistema de transporte publico muito eficiente tanto de onibus e trem, o que possibilita sem problemas que sua populacao trabalhe ou estude em outras cidades maiores nas nossas proximidades.


Placas informativas e com mapas da cidade para todo lado. 
Infra-estrutura de cidade grande. 








March 6, 2014

A questao dos sapatos

Morei por 9 anos no Hawaii, EUA e por la ha o costume de se deixar os calcados do lado de fora da porta das casas, seja da sua propria casa ou casa de amigos quando se vai de visita. Na epoca achei que o costume era uma heranca dos asiaticos la no Hawaii, mas nao e so na Asia que este costume prevalece. Aqui na Europa nao se entra de sapatos nas casas e nao so nas casas, em estabelecimentos como academias de ginastica por exemplo se troca de sapatos ao chegar la. Nao usamos na academia o tenis que andamos na rua, leva-se um tenis de sola limpa na bolsa para ser usado apenas dentro da academia. 

Quem ja morou ou visitou lugares de clima frio como a Europa entende claramente esta questao em parte devido ao clima. O inverno com neve e uma lama so, o estado que as pobres botas ficam no inverno de neve com areia e sal (que se joga nas ruas para evitar que fiquem muito escorregadias), e simplesmente impossivel entrar em casa com um calcado nestas condicoes.  Ha uma  preocupacao ta em nao se trazer da rua a sujeira que carregamos na sola dos calcados para dentro de casa e estabelecimentos (as faxineiras na Europa em varios estabelecimentos nao vem todos os dias). No caso da academia sou totalmente de acordo, o sujeito anda na rua com seu tenis, pisa em tudo que tem direito, entra na academia com o mesmo calcado, circula por la e depois a gente deita no chao para fazer exercicios e entra em contato com toda aquela sujeirada da sola dos sapatos dos outros (faxineira da academia na Europa nao trabalha todos os dias...).

Aqui na Austria a questao dos calcados entra na area do comforto e saude tambem. Comentei em um outro post que nos escritorios aqui quase todos os funcionarios usam um calcado ortopedico   (sandalia ortopedica com meias). Quando matriculei minha filha na escola aqui na Austria, me pediram que ela trouxesse um calcado comfortavel para usar dentro da escola, porque as botas ficariam na sala  onde sao guardados os casacos (para nao sujar a escola e comforto das criancas) e seriam usadas somente na hora do recreio quando as criancas brincam do lado de fora. Todos os funcionarios da escola usam dentro da escola tambem esta sandalia ortopedica que vi os funcionarios de escritorios usando aqui em todo lugar. Acho isso fantastico, esta preocupacao com o comforto do funcionario e estudante durante o horario do trabalho ou das aulas. Nos mulheres geralmente somos as que mais sofremos, porque no Brasil mesmo sapatos de salto alto fazem parte do uniforme de varios estabelecimentos comerciais, pois e elegante. Elegancia e comforto as vezes entram em conflito, nao e? 

 A sandalia ortopedica mais usada por aqui com meias dentro de escritorios, escolas. 
Bonita eu nao acho, mas comfortavel e.

March 2, 2014

e ja e quase primavera

Os primeiros sinais que a primavera vem chegando ja estao aparecendo. Os dias da nossa ultima semana foram praticamente todos ensolarados e a temperatura ficou em torno de 10 a 14C durante o dia, bem quentinho para final de inverno na Austria. Os dias estao mais longos. Acordo geralmente por volta de 6:40 da manha,  no inverno era uma escuridao sem fim neste horario, agora  ja esta claro. No inverno as 16:00 hs o dia  ficava escuro, agora temos um pouco mais de sol ate as 17:40hs.

As flores comecaram a aparecer tambem, pequenas margaridas e umas florzinhas roxas nascem pelos parques e jardins. As lojas estao cheias de vasos de flores e buques de tulipas a venda. Os parquinhos estao cheios de criancas novamente, desde outubro nao vejo os parques cheios. E ja vi ate os primeiros corajosos circulando pela cidade de camiseta e shorts, para isso ainda vou esperar ficar mais quentinho.


as primeiras flores aparecendo depois do inverno


o parquinho voltando a ter movimento.



e o sol aparecendo por aqui novamente.




February 28, 2014

Trieste, Italia! parte 1

Nesta ultima semana fizemos uma "road trip" (viagem de carro) para Trieste na Italia.  Ah, como a Italia me fez bem! Voltei para casa com uma sensacao de missao cumprida, nao por poder marcar mais uma cidade europeia no meu mapa de viagens (ate porque nao faco isso), mas porque esta viagem me fez sentir viva! O tempo nos ajudou, nosso primeiro dia em Trieste foi um domingo, um dia lindo, nem parecia um dia de inverno. Sempre digo que as paisagens das viagens de carro que fazemos por si ja valem os passeios.  Desta vez nao foi diferente, para nao dizer que foi a viagem de carro mais bonita ja fizemos aqui na Europa.


Estradinha que descemos para chegar a Trieste.


Trieste fica na costa nordeste da Italia bem proxima a fronteira com a Eslovenia e tambem proxima a Veneza. Sobre os detalhes de pontos turisticos falarei em outro post, neste vou me limitar a falar sobre a atmosfera da cidade que me encantou. Costumo escutar dos amigos que sou geralmente positiva e sempre acho "algo" encantador por onde vou, mas desta vez foi um pouco mais que isso. Esta foi a minha primeria visita a Italia, anteriormente so estive no aeroporto internacional de Roma (que nao me deixou boas impressoes), mas Trieste com certeza me mostrou uma Italia bem diferente da impressao que tive e de comentarios que ja escutei de quem ja visitaram o pais. 

Trieste e uma cidade relativamente pequena (para os padroes brasileiros), tem 200 mil habitantes (nao tao pequena para uma cidade europeia), mas a atmosfera desta cidade e incrivel. Como mencionei chegamos na cidade em um domingo, que aqui na Austria (onde moro) significa "dia morto", nao se ve ninguem nas ruas da cidade onde moramos e praticamente todos os estabelecimentos comerciais nao funcionam aos domingo, nada mesmo, nem restaurantes. Ja em Trieste, ou melhor na Italia, nao! Deixamos nossas malas logo cedo no hotel e fomos direto para o centro da cidade andar e as ruas estavam cheias de carros, cheias de gente andando: familias com criancas, idosos, jovens. As pracas do centro com grande movimento de pessoas, comercio funcionando, restaurantes abertos, gente falando, criancas briancando. Senti uma sensacao muito boa, que ja nao sinto ha algum tempo na Europa de que ali se vive, de que ali as pessoas estao vivas!


Movimento no centro da cidade no domingo.



Andamos o domingo inteiro pela centro da cidade e o movimento no centro so aumentava com o entardecer. As sorveterias "gelaterias" lotadas, restaurantes se preparando para abrir para o jantar as 19:00 hs fechando as 23:00, bares no centro cheios, gente circulando, conversando, em plena noite de domingo. Senti que ali na Italia, nao ha tanta rigidez como aqui na Austria com horario, rotina, que segunda-feira se trabalha sim, mas o domingo de folga e dia de sair com a familia, encontrar amigos, de curtir a cidade, relaxar em um bar, jantar em restaurante. E a diferenca cultural, na Austria domingo e dia de descanso completo e e realmente respeitado. Nao ha certo ou errado, apenas uma diferenca cultural e sinceramente eu gosto de ver uma cidade cheia de vida!


Meus filhos brincando na praca lotada.









February 16, 2014

Inverno ameno

Este ano tivemos um inverno ameno na Austria, nao muito frio, o que me agradou. No ano passado pegamos um inverno rigoroso, muito frio de temperaturas baixissimas na terra do meu marido, Lituania. Tivemos semanas inteiras com temperaturas abaixo de -20C, sim abaixo de -20! Foi o inverno mais frio que ja passei na Europa, mas confesso que nao necessariamente foi o mais desconfortavel. Nao, ainda nao tomei gosto pelo inverno europeu, mas com roupas de inverno apropriadas fui me acostumando, ou melhor aceitando ter que lidar com estas temperaturas baixas.

Porem neste ano tudo foi diferente, tivemos um longo outono na Austria, geralmente o outono e curto, mas este ano as temperaturas do outono se estenderam ate final de dezembro, inicio de janeiro, nos dando a impressao de que o inverno nem tinha chegado. Se nao fosse a mudanca na paisagem, antes cheia de folhas amarelas, marrons, avermelhadas que foram caindo e sumindo, diria que praticamente nao tivemos inverno, para o padrao europeu. Hoje considero inverno de verdade temperaturas abaixo de  -5 C. Neste inverno as noites registraram temperaturas em media de -3 C  a -6 C, mas durante o dia nao tivemos dias mais frios do que -3 C, e isso e quentinho para a area da Europa Central.

Aproveitamos bastante os parquinhos, ate nos dias mais frios estavamos la brincando, empacotados, mas aproveitando o ar livre, algo que passei a apreciar mais depois da minha mudanca para a Europa.  Duas semanas atras as temperaturas mudaram completamente, noites de -12C, dias de -6 C e a neve chegou com forca total, a nossa cidade ficou branquinha, parecendo uma daquelas cidades de cartoes de Natal. Meus filhos amam brincar na neve e ficaram muito felizes com esta mudanca de temperatura. Ja a mae...  Foram tres semanas de neve e  confesso que foi o suficiente. Uma coisa e lidar com a neve em uma viagem, em estacao de ski, outra e acordar com o horario contado para levar crianca para a escola de manha e ter de esquentar carro, raspar gelo do para-brisa, dirigir em  ruas escorregadias cheias de neve, afundar o pe na neve para andar e por ai vai. A neve tambem tem seu lado chato.

Meus filhos adoraram as 3 semanas de neve que tivemos!


O sol dando o ar da sua graca novamente e a neve derretando. 


February 6, 2014

Animais domesticos em lugares publicos

Cada lugar com seus costumes, nao e mesmo? E um dos costumes aqui na Austria (nao so daqui, mas em outros paises desta area da Europa como Suica por exemplo) e que e permitido a entrada de animais domesticos em lugares publicos como shoppings, cafes, restaurantes (sim, bichos em restaurantes)... Esta e uma das coisas que me incomodam por aqui, juntamente com a permissao de se fumar em estabelecimentos publicos, mas deixarei a segunda para um post a parte. Nao tenho nada contra bichos domesticos e ate gosto. No Brasil ja tive gatos e cachorro. Os animais em lugares publicos me incomodam principalmente em restaurantes, cafes e coisa do tipo.  Nao acho nada agradavel estar em um restaurante almocando com minha familia, com um cachorrao junto a mesa ao lado me encarando e babando enquanto fazemos nossa refeicao, acho chato e  bastanti anti-sanitario. Ai vem aqueles, mas coitadinho do bicho vai ficar do lado de fora do restaurante em temperaturas frias, enquanto o dono faz a sua refeicao? Bem, ha sempre a opcao de deixar seu bichinho ou bichao em casa quando voce for a um restaurante ou cafe, nao ha?  E ainda tem outra, os tais adoraveis bichinhos muitas vezes sao acostumados somente aos donos e tambem se sentem incomodados em lugares publicos cercados de estranhos: rosnam e latem sim, dentro dos estabelecimentos publicos, o que chega ate a assustar criancas pequenas, fato que ja presenciei. Leis avancadas, direitos garantidos para os donos dos animais, mas acho uma certa invasao do espaco de quem esta na mesa ao lado fazendo sua refeicao com suas criancas e precisa aturar cachorros dentro do restaurante. Ja assisti tambem uma linda cachorrinha ter um "acidente dentro do shopping e fazer seu pequeno coco ali mesmo" e ai? Anti-higienico ou nao? Ainda entro numa  outra questao: se os bichos sao tao bem vindos por aqui,  entao por que os animais nao sao permitidos nos parquinhos publicos aqui e existem parques restritos a eles? Mas bicho em restaurante e shopping pode, ne? Acho um tanto contraditorio. 


February 3, 2014

Maribor, Eslovenia


Maribor e a segunda maior cidade da Eslovenia (fazia parte da ex-Iuguslavia e se tornou independente em 1992). A cidade de  Maribor esta situada proxima a fronteira com a Austria e as margens do rio Darva.  Fizemos nossa viagem saindo de carro da regiao da Estiria, Austria . A  linda paisagem durante a viagem por si valeu a pena o passeio.  Passamos por inumeras plantacoes de uva, fazendas com vacas gordas que muito me lembram as propagandas do chocolate Milka.  Quando entramos em Maribor eu continuei na duvida se ja estavamos na cidade, ou continuavamos na area rural. Ate chegarmos no centro da cidade tive a sensacao de estar no campo.





As principais atracoes turisticas podem ser vistas em poucas horas e se concentram no centro historico da cidade, nas pracas: Grajski trg (Castle square)Slomškovtrg (Slomšek square) and Glavni trg (Main square) e em Lent, o velho porto do rio.  O rio Darva que corta a cidade,  ja teve grande importante comercial, onde se dava o transporte de mercadorias da regiao. Hoje a atracao da cidade mais visitada as suas margens e o Museu do Vinho, a vinicula mais antiga do mundo, com mais de 400 anos. Os vinhos eslovenios possuem alta pontuacao internacional, mas ainda sao pouco conhecidos mundialmente, devido a pequena divulgacao do pais no exterior. 

A arquitetura do centro historico da cidade tem grande influencia austriaca. No centro da praca central Glavni trg fica o monumento em homenagem aos residentes da cidade que morreram de praga. No town hall ha uma passagem para a praca Rotovz e andando por ela chega-se a Slomšek Square (Slomškov trg). Hoje a Slomšek Square  e a area mais urbana da cidade antiga e onde fica a Catedral de Maribor (Igreja de Sao Joao Batista), uma das principais atracoes turisticas da cidade. A igreja originalmente construida no meio do seculo XII ganhou no seculo  XV arquitetura gotica. Ao sul da praca fica o antigo predio dos Correios da Eslovenia, construido em 1894, famoso pela sua faixada arquitetonica. Do lado oposto ao predio dos correios na praca fica o Teatro Nacional de Maribor. A praca do Castelo,  Grajski trg, ganhou seu nome por sediar o castelo da cidade construido no seculo XV. Hoje no castelo fica o Museu Regional de Maribor. 

Maribor e conhecida como  cidade universitaria e  tem fama  entre os jovens austriacos de possuir uma agitada vida noturna. Tambem, a Eslovenia e um dos destinos de compras favoritos dos austriacos. Segundo eles a qualidade dos produtos da Eslovenia e tao  boa quanto a dos produtos da Austria, mas os precos na Eslovenia sao mais atraentes.





Grajski trg, praca do Castelo, Castelo com a faixada florida.



Glavni trg, praca Central 

Predio dos Correios na praca Slomšek

Antigo centro da cidade.

Rio Darva







February 1, 2014

Sim, se vive bem na Austria

A pergunta mais frequente quando menciono que atualmente moro na Austria, geralmente e, como e a vida ai? Bem, a Austria e um pais muito rico, muito bem estruturado e que oferece uma qualidade de vida excelente para a sua populacao. 

Violencia e algo praticamente inexistente, nao faz parte das minhas preocupacoes diarias em uma cidade pequena da Austria. Em cidades maiores existem sim acontecimentos isolados, rouba-se uma coisa ou outra de uma casa aqui ou ali, mas nada que coloque a Austria na lista de paises com alta violencia. Nao trancamos casa, carro, seja o que for em casa. As criancas pequenas na nossa cidade andam sozinhas para as escolas sem nenhum problema. 

Preocupa-se muito com o bem-estar das pessoas neste pais. Reparei logo que chegamos na Austria que onde iamos, seja escritorios, restaurantes, escolas, que os funcionarios usavam uma sandalia ortopedica com meia quase que identica em todos estes lugares. Quando matriculei minha filha na escola aqui, a diretora da escola tambem com esta sandalia nos pes me disse que a minha filha deveria trazer um "sapato comfortavel" para usar na escola. Sim, funcionarios de varios estabelecimentos e escritorios na Austria e criancas na escola deixam os sapatos de rua, junto com os casacos  e colocam seu "sapato comfortavel" para trabalhar ou estudar. Inicialmente achei que era para evitar de se trazer sujeira da rua para o interior dos predios, mas nao, e para que o funcionario e criancas na escola estejam comfortaveis durante seu horario de servico ou estudo. No Brasil, ainda se exige de muitas funcionarias que passam 8hrs em pe, sapatos de salto como parte do uniforme, um horror. 

Na Austria e muito comum que  apenas um dos adultos da casa trabalhe fora, pois o pais e estruturado de um jeito que sobre a renda do 2o adulto (da mesma casa) empregado, cobra-se impostos pesados. Alguns austriacos me disseram que dependendo do salario do 2o adulto da mesma casa trabalhando, nem compensa trabalhar, e melhor que um dos adultos fique em casa cuidando das criancas.  

A saude publica, como mencionei num post a parte anteriormente e totalmente gratuita e tambem inclui plano odontologico. Funciona de verdade, nao ha demora para se agendar uma consulta, tudo muito facil e rapido. As criancas recebem do governo uma ajuda financeira, que na verdade e vista como uma contribuicao do governo para novamente " o bem-estar" das criancas, um dinheiro extra para se gastar com elas. Cada crianca na Austria recebe uma ajuda do governo de 150 euros por mes, ajuda que vai ate a crianca completar 26 anos (desde que esteja estudando).

Nos domingos nao se trabalha por aqui, encontra-se apenas um ou outro supermercado aberto ate as 12:00 hs. Ir ao shopping  no domingo, sem chance, nenhum shopping abre na Austria aos domingos. O descanso de domingo das pessoas e seriamente respeitado, domingo e dia de descanso, de curtir a familia e pronto. 

E sobre os austriacos?  Nota-se uma nitica simpatia e gentileza nos austriacos e tambem uma certa tranquilidade, que em parte reflete o estilo de vida na Austria, sempre tendo em vista o bem-estar da populacao.


Praca em Gratz, Austria.

o que andamos fazendo por aqui... {what we've been doing here}

Neste ultimo mes que andei sumida do blog, andei atarefadissima. Com a minha filha maior frequentando escola aqui na Austria, meu horario gira em torno do horario das aulas dela e como tudo ficou corrido...
*Since my last post, I have been extremely busy. Now with my older child attending regular school schedule here my day goes according to her school schedule and it's quite busy. 

 Bem, passamos a virada de ano em Zagreb, capital da Croacia e que cidade linda. A Croacia entrou na minha lista de lugares para voltar, quero muito passar ferias de verao por la, mas veremos. 
*Well, we spent the New Year's eve in Zagreb, capital of Croatia, what a beautiful city. Croatia definetely made my list to places to see again, I'd really like to spend Summer vacatian in this beautiful country. 


Zagreb, Croacia (Croatia)

Ultimamente ando testando varias novas receitas na cozinha e algumas ja se tornaram frequentes, a atual preferida das criancas e a almondega, super simples e rapida, mas bem gostosa. 
*I've been trying a lot of new recipes lately, got tired of cooking the same old stuff all the time, and the kids favorite of the moment seem to be the super simple meatballs recipe I got online.

Continuamos com as nossas viagens. Neste mes de janeiro fomos a Zagreb (Croacia), Salzburg (Austria) e Munich (Alemanha), fiquei apaixonada por Munich, mesmo viajando debaixo de frio, chuva e neve, a cidade tambem entrou para a minha lista de cidades a voltar para uma 2a visita. 
*We did a little travelling in January: Zagreb (Croacia), Salzburg (Austria) and Munich (Germany), I totally loved Munich, even though the weather didn't help us there, I need to go back to this city in the future! 

Salzburg, Austria

Munich, Alemanha (Germany)

A neve finalmente chegou na nossa pequena Furstenfeld, Austria. As criancas tem me perguntado desde o Natal se teriamos neve e eu cheguei a pensei que este seria um inverno sem neve, pois nao esta tao frio. Mas para a felicidade das criancas, a neve chegou!
And the snow finally arrived in our little Furstenfeld, Austria. The kids had been asking me since Christmas' time if we'd get snow here, and I actually thought this year we would not have snow, since this has been a mild winter, but to their happiness, here came the snow!




December 26, 2013

Natal na Austria

Aqui na Austria nao e o Papai Noel, Sao Nicolau que entrega os presentes na noite de Natal.  Por aqui e um anjo natalino que faz estas entregas tao especiais e esperadas pelas criancas. Este anjo natalino encolhe e consegue passar pelo buraco das fechaduras das portas das casas e deixa os presentes de Natal para as criancas da casa proximos a arvore de Natal. Os meus filhos nao ficaram muito satisfeitos com esta estoria nao e questionaram : "e o Papai Noel?" Tive que dizer que o Papai Noel vem as casas com mais de uma crianca, pois carrega os presentes no seu treno e o anjo sozinho nao da conta de trazer presentes para mais de uma crianca. Por enquanto eles acreditaram.







November 11, 2013

Saude publica na Austria

Tivemos neste fim-de-semana uma crise de laringite em casa, meu filho de 3 anos. A laringite ja e nossa conhecida, nao e a primeira vez que ele tem uma crise e tambem nao e a primeira vez que eu fico apavorada, pois o quadro da laringite e bem assustador em criancas pequenas: ronquidao, chiado no peito, falta de ar, tosse e febre... Enfim tudo que deixaria qualquer mae em panico. Minha maior preocupacao com as nossas mudancas internacionais tem sido o atendimento medico e se as criancas adoecerem? Porque crianca adoece mesmo, entao nao e nem um se, e mais um quando elas adoecerem.

Nao estamos nem na terra do marido (ele e europeu, mas nao austriaco) nem na minha (considero a minha terra Brasil e Estados Unidos, pois tenho ambas cidadanias). Mas o meu marido esta na Austria sob contrato de trabalho, entao como fica esta questao de atendimento medico? Bem, em geral na Uniao Europeia, se pai ou mae esta trabalhando legalmente no pais, esta contribuindo atraves de impostos com o sistema de saude publico local, entao teoricamente a familia tambem teria o direito ao acesso ao sistema publico de saude.

Na Austria nao e so na teoria que as "coisas"  funcionam, mas tambem na pratica. Por coincidencia tinhamos hoje pela manha hora marcada para preencher a documentacao dos cartoes de seguro que nos dao direito a usar a rede publica de saude da Austria.  Logo imaginei como brasileira que sou, vamos la preencher um monte de papeis, depois vamos esperar alguns dias (quem sabe semanas) pelo cartao "e-card" e so entao poderemos utilizar a rede publica de saude local. Nao, por aqui nao e assim que funciona.

 Preenchemos sim os papeis e eles logo notaram a tosse estranha do meu filho. - Perguntamos:  quando ele poderia ir ao medico e a resposta foi :  "hoje mesmo pela manha".- Mas e o cartao medico? -"Ficara pronto em alguns dias, mas como a documentacao ja foi entregue, ele vai ser atendido por um medico hoje". Eu aguniada perguntei onde podemos achar um pediatra? Eles no escritorio: "Estamos agendando uma consulta para o seu filho, em 40 minutos esta bem?" - Eu, "claro".

Para quem nasceu e cresceu no Brasil, onde ate os planos de saude privados estao um tanto ineficientes e para quem tambem conhece as falhas do sistema de saude publico dos Estados Unidos, isso me faz ver que a ideia de pais de primeiro mundo precisa ser reavaliada, tem muita gente ai entrando nesta lista , sem oferecer o basico para a populacao. A Austria com certeza esta no topo desta lista de primeiro mundo e tem ganhado a cada dia a minha admiracao. 


October 25, 2013

Enquanto o frio nao chega...

Pela primeira vez estou vivenciando um mes de outubro mais quentinho na Europa e estou amando. O outono em sim, ja e uma estacao linda na Europa e poder curti-lo sem o frio e perfeito. Desde o inicio de outubro tivemos no maximo 2 dias mais friozinhos, no geral a temperatura tem oscilado entre 18 a 23 C, o que e quente para a Austria no mes de outubro. Com isso, estamos aproveitando ao maximo os dias ensolarados de outono, saindo muito de casa, brincando nos parquinhos, nos jardins, porque isso nao vai durar por muito tempo, afinal estamos falando de Europa.